Beliefnet
Jesus Needs New PR

A dupla do Manchester United, Morgan Schneiderlin e Memphis Depay, não serão selecionados para os jogos enquanto seus futuros permanecem sem solução, disse o técnico José Mourinho.

O Everton espera concluir um acordo para Schneiderlin, de 27 anos, mas o United ainda espera receber uma oferta aceitável para o meio-campo, de acordo com Mourinho.

"Permitirei que ambos saia - se a oferta certa vier, e até este momento, não chegou", disse Mourinho. "Não temos nenhuma oferta que esteja próxima da qualidade dos jogadores que temos".

O United recebe o Reading na terceira rodada da FA Cup neste sábado e Mourinho disse que "em condições normais" os dois jogadores teriam sido nomeados em sua equipe.

O West Brom é outro clube que está de olho no volante francês, e segundo a imprensa inglesa eles tiveram uma oferta de 15 milhões de libras para Schneiderlin rejeitada, enquanto o treinador do Everton, Ronald Koeman, espera contar novamente com o jogador que ele treinou no Southampton.

Além de Schneiderlin, o  Everton também está interessado no ex-jogador do PSV Eindhoven, Depay, de 22 anos, assim como vários clubes em toda a Europa.

Mourinho diz que não irá contratar outra zagueiro


"Não há necessidade de outro defensor", disse o treinador português. Com Eric Bailly agora na Copa Africana de Nações com a Costa do Marfim, United terá apenas três defensores para os próximos oito jogos. 

O clube esteve fortemente ligado ao sueco Victor Lindelof do Benfica, mas fontes disseram à BBC Sport em dezembro que nenhuma oferta seria feita em janeiro, apena no final da temporada. 

O zagueiro do Southampton, José Fonte, foi apontado como alvo do United no inicio da temporada, mas a queda de rendimento do zagueiro português esfriou o interesse do clube.

Segundo informações dada pelo jornal italiano, Corriere dello Sport, o Milan já tem uma lista de jogadores que eles esperam contratar na próxima janela de transferência, após a aquisição completa do clube por partes dos chineses.

De acordo com a imprensa italiana, o meia Cesc Fabregas, do Chelsea, é o primeiro nome da lista de desejos do Milan para a janela de transferência de janeiro. O jogador de 29 anos, que tem contrato até 2019 em Stamford Bridge, está no topo da lista de alvos dos rossoneri, uma vez que a Sino-Europe Sports assumir o controle do clube de Milão.

Segundo o Corriere dello Sport, os dirigentes do Milan estão esperando uma janela de transferência mais agitada, assim que os seus novos proprietários assumirem o comando do clube e liberarem uma verba extra para contratação de novos jogadores.

Além do nome de Fabregas, o meias do Real Madrid, Isco e Mateo Kovacic, também estão sendo sondados pelo clube italiano.

No entanto, a contratação de Fabregas junto ao Chelsea não será tão fácil como eles imaginam. O futuro do espanhol parecia muito desolador, com o novo técnico Antonio Conte preferindo a dupla Nemanja Matic e N'Golo Kante como titulares no meio-campo. No entanto, ele apareceu cinco vezes em campo na Premier League durante esse mês de dezembro, incluindo três partidas como titular, sugerindo que ele ainda tem um papel muito importante na equipe do técnico Conte.

O Chelsea confirmou na manhã desta sexta-feira a saída de Oscar, de 25 anos, para o Shangai SIPG, da liga chinesa, clube treinado pelo português André Villas-Boas e que conta com o também brasileiro Hulk no elenco.

Segundo o site da 'BBC' informa, a transferência está "90% certa" e o brasileiro deverá chegar nos próximos dias à cidade chinesa, para poder finalizar a sua mudança para o futebol chinês.

A transferência de Oscar, ex-São Paulo e Inter, deverá render aos cofres do Chelsea cerca de 60 mihões de libras (cerca de R$ 248 milhões). Caso os valores da transferência seja confirmado, a transferência de Óscar será a maior venda realizada até hoje pelo Chelsea, que tinha o recorde fixado em 58,7 milhões de euros com a venda do também brasileiro David Luiz, antigo jogador do Benfica, para o Paris Saint-Germain.


O jogador, que venceu a Premier League, a Europa League e a Copa da Liga durante suas quatro temporadas em Stamford Bridge, ganhará 400 mil libras por semana e a taxa de transferência será a sétima maior de todos os tempos.

Este foi também o segundo negócio 'milionário' do Chelsea com um clube chinês, depois de ter vendido, em janeiro, outro brasileiro, Ramires, para o Jiangsu Suning por mais de 23,4 milhões de euros.

"Agradecemos a Oscar o seu maravilhoso trabalho e desejamos-lhe a melhor das sortes para o seu futuro", pode ler-se no comunicado dos blues divulgado no seu site oficial.

De acordo com a imprensa inglesa, o técnico José Mourinho tem uma lista de alvos com o nome de alguns jogadores que ele deseja levar para o Old Trafford no próximo ano.

O treinador português tem como objetivo a contratação de pelo menos mais quatro jogadores para as próximas duas janelas de transferência, em janeiro e no inicio da temporada que vem, em agosto. O meia-atacante do Atlético de Madrid, Antoine Griezmann, os defensores do Benfica, Victor Lindelöf, e Nélson Semedo, e o meia do Monaco, Tiemoué Bakayoko, são os principais jogadores que Mourinho gostaria de ver com a camisa do United no próximo ano.

O técnico do Manchester United identificou esse quarteto como os principais alvos para as próximas duas janelas de transferência, enquanto ele se prepara para aumentar os gastos em contratação ao longo de seu primeiro ano no comando do Manchester, subindo os atuais £ 150 milhões para mais de £ 300 milhões em contratações.

Griezmann, Bakayoko e Semedo são alvos para a próxima temporada, mas espera-se que Lindelöf seja o primeiro da lista a assinar já no próximo mês. O United esteve em negociações com o Benfica e com o agente do jogador, Jorge Mendes, e está perto de garantir um acordo que pode chegar até 38 milhões de libras, incluindo possíveis bônus para a jovem da Suécia.

Victor Lindelöf, de 22 anos, está próximo de acertar sua transferência para o United, em janeiro.
O clube também está viabilizando fundos para cobrir a cláusula de rescisão de € 100 milhões (R$ 347 milhões) no contrato de Griezmann, que assinou um novo acordo com o Atlético até 2021. A imprensa inglesa acredita que a transferência poderia ser facilitada pela provável partida do treinador do Atlético, Diego Simeone, que deixará o clube na próxima temporada, depois de encurtar o seu acordo com o clube espanhol por dois anos.

Além do francês, o United enfrenta a forte concorrência do Chelsea por Bakayoko, um meio-campo defensivo que poderia custar algo próximo dos 35 milhões de libras (R$ 145 milhões), e também do Bayern de Munique para Semedo, um jovem lateral direito avaliado em £ 25 milhões (104 milhões de reais).